domingo, 12 de julho de 2009

O Peão e o Mendigo

O peão de obra descansava na hora de almoço no último andar daquele arranha-céu de 40 andares, tentando olhar as pessoas que pareciam formigas e notou um vulto lá embaixo, acenando e pedindo para ele descer.

O peão desceu os 40 andares pela escada e chegando no térreo, muito cansado, deu de cara com um mendigo pedindo:

- Uma esmola, por favor, ou um prato de comida.

O peão olhou para o pobre homem e pediu para ele acompanha-lo até o 40º andar.

Subiram os quarenta andares a pé. Chegando lá, o peão falou para o mendigo:

- Não tenho!

Um comentário: